sábado, 29 de janeiro de 2011

Apendicite aguda...me recuperando...

É isso mesmo, fui pega pela tal da apendicite...Cá estou eu na noite de quinta para sexta-feira dormindo, feliz da vida quando de repente sinto uma dor no estômago, achei super estranho pois nunca sentir dor no estômago e era uma dor persistente e forte, mesmo assim tentei dormir pensei que alguma coisa que eu comi tinha me feito mal, mas a dor não passava, pelo contrário, só aumentava, até que uma hora eu não aguentei mais e acordei o Cristiano, ele achou que eu estava com dor de barriga, porque eu também tive diarréia, mas não era dor na barriga, era uma dor bem em cima, como dizem:na boca do estômago.Eu nem desconfiei que pudesse ser apendicite, já que sempre ouvia falar que a dor de apendicite se concentra do lado direito, mas a dor estava apenas no começo.O Cristiano acordou e ficamos sentados um tempo na cama esperando a dor passar, eu ainda tomei um pouco de água, só no hospital descobri que tomar água no caso de apendicite só piora a dor...aiai..Esperamos um pouco mais a dor não passava, o Cristiano logo achou estranho porque raramente eu reclamo de dor, só reclamo quando a coisa é feia mesmo, ainda liguei para minha mãe perguntando se ela tinha algum remédio para dor de estômago, mas ela não tinha, ainda bem, porque eu poderia ter tomado algum analgésico que teria mascarado a dor e quando ela voltasse seria com mais força ainda.Então decidimos ir logo para o pronto-socorro, minha gente quando eu cheguei no hospital a dor se espalhou, sentia dor em todo a abdômen, uma dor terrível, comecei a me tremer de tanta dor, teve uma hora que eu percebi que ela se concentrou no lado direito da barriga, foi nessa hora que eu pensei que poderia ser a tal da apendicite, quando a médica foi me examinar e pegou na minha barriga do lado direito eu quase deu um murro nela:Que dor infeliz!!Na mesma hora ela já me encaminhou para um cirurgião, ele também me examinou e disse que provavelmente eu estaria com apendicite, mas ele disse que esse tipo de dor em mulher pode ter outras causas como cisto ou inflamação nos ovários, então ele me encaminhou para um ginecologista, mas antes de ir para o gineco eu pedi para o cirurgião pelo amor de Deus me passar alguma medicação porque eu não estava aguentando de dor, ele me passou uma dipirona na veia e graças a Deus a dor diminuiu, fui no ginecologista e ele me examinou do mesmo jeito que os outros, a dor continuava muito forte quando se apertava o lado direito da minha barriga e ele também falou que o meu quadro era de apendicite.O cirurgião me pediu exames de sangue, urina e raio-X, no exame de sangue acusou leucositose.
Quando eu terminei de fazer os exames e fui levar para o médico ver já tinha tido troca de plantão, isso era umas 03:30 da madrugada, quando mostrei os exames para esse novo cirurgião ele disse que precisava de uma ecografia para ter certeza...Afff...aí fomos para um hospital particular, porque até então estavámos em um pronto-socorro de um hospital público perto da minha casa.Antes de ir eu passei em casa para ver meu filho, no meio dessa confusão toda só pensava no meu Levi, e meu coração doía só de pensar em ter que ficar internada longe dele...Eu cheguei em casa e minha mãe e minha sogra estavam com ele, ele acordou e deram chá pra ele...fazer o que né...eu peguei ele e dei de mamar, ele dormiu e nos fomos para o outro hospital, chegando lá a médica me examinou de novo e mais uma fez o diagnóstico foi apendicite, ela pediu uma tomografia e pediu para refazer o hemograma, lá vai furar meu braço de novo e também passou um Buscopan para dor, lá vai furar meu braço mais uma vez...Chegamos no hospital 06:00 da manhã só consegui pegar o resultado da ecografia 12:30, e tive que fazer uma ECOGRAFIA e não uma TOMOGRAFIA porque meu plano de saúde só aceitava liberar a tomografia se eu fizesse a ecografia antes...é mole...Nesse hora eu já estava muito agoniada e triste, só pensava no meu filho, comecei a chorar...Doía mais deixar meu bebezinho do que a dor da porcaria do apêndice inflamado...Pela manhã minha irmã foi na casa da minha mãe e amamentou o Levi, ela ainda amamenta a minha sobrinha de1 aninho, só que minha irmã ia viajar então ela não poderia ficar amamentando ele, minha mãe acabou comprando LA, ela deu Nestogeno...fazer o que...era melhor que deixar ele com fome, estavámos em uma situação extrema, só fiquei com uma dorzinha no coração por não ser a primeira a alimentar meu bebê com LA, ver a reação dele, tirar foto...Minha mãe também deu sopinha e eu também não estava lá pra ver...E o Levi colocou tudinho pra dentro, de primeira tomou 120 ml de Nestogeno e adorou a sopinha, temos o filho dos sonhos, como diz o Cristiano.O que me deixou mais tranquila foi que ontem o Levi teve consulta, minha mãe e minha irmã levaram ele, ele engordou quase 1kg e cresceu 2cm, está ótimo, o pediatra disse para minha mãe continuar dando Nestogeno e passou a receita de sopinha para dá pra ele.Depois que minha mãe me ligou e falou isso fiquei mais tranquila, já pensou se ele tivesse rejeitado o leite e a sopa??
Quando pegamos o resultado da ecografia tava lá o diagnóstico:Apendicite Aguda
Fui internada imediatamente e as 16:00 hs entrei no centro cirúrgico, tomei anestesia geral e passei por uma laparoscopia.


A cirurgia foi tranquila, mas é horrível quando o efeito de uma anestesia está acabando, eu tentava me mexer e não conseguia, queria falar e não conseguia, comecei a ficar sem ar...sem dúvida uma das piores sensações da minha vida.Ainda mais eu que fugi de uma cesária por medo de anestesia e corte, tive que passar por essa...Mas graças a Deus foi uma cirurgia simples, já recebi alta e estou em casa, o pior de tudo é não poder pegar o Levi no colo, não posso pegar peso por alguns dias, morro de dó, ele fica dando os bracinhos, mas eu não posso pegar, chega dá uma dor no coração, cheguei a pensar que ele estava com raiva de mim, quase chorei...rss...coisa de mãe...O pior é amamentar, o Cristiano pega ele e coloca no meu colo, mas mesmo assim sinto um pouco de dor...mas não vou deixar de amamentar meu filho, o médico disse que não tinha problema amamentar, só não posso segurar ele no colo e isso está me matando, agora mesmo o Cristiano está tentando colocar ele para dormir, e ele chorando e eu não posso fazer nada...Tomara que isso passe logo, quero brincar com o meu bebê, dá banho, colocar para dormir, tenho certeza que ele está sentindo falta de mim e eu estou me sentindo muito mal com essa situação...

3 comentários:

Kelly Resende disse...

Oi Dayane, que chato hein!!! Mas o importante é que apesar da demora, vc foi diagnosticada a tempo e já se livrou do problema e daqui a pouco vai poder pegar seu filhote normalmente.
Melhoras!!!
Beijos

RENATA disse...

Nossa Dayane, que susto menina!
Ainda bem que vc está bem e o pior já passou, daqui a pouco vc estará novinha para cuidar do Levi!
Se cuida e fica com Deus!
Beijinhossssssssss

Mariana Hart disse...

Puxa vida... eu não sabia! Vou torcer pela sua recuperação rápido e que volte logo a ativa para cuidar desse lindão! Se cuida!
Bjão grandão!=)