terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Dá licença, eu sou pai!!!

Vi o vídeo no blog da Luísa, http://potencialgestante.com.br/, e adorei!Já que estamos nos preparando também para o dia 28 onde iremos compartilhar das visões dos papais http://viajandonamaternidade.blogspot.com/2011/02/pai-e-pai.html e também como sou super, mega a favor de que se aumente a licença-paternidade resolvi divulgar o vídeo!!
Já pensou maridão em casa por 1 mês ajudando a cuidar da próxima cria???


Campanha Dá licença, eu sou pai!

A campanha nacional “Dá licença, eu sou pai!” ( lançada em 2008, eu não conhecia) tem como objetivo estimular os homens a exercerem o direito de cuidar, solicitando a Licença Paternidade em caso de nascimento ou adoção de um filho. A Campanha também promove uma mobilização pública em prol da ampliação do período de Licença Paternidade de cinco dias para pelo menos um mês. Esse projeto de lei encontra-se em tramitação na Câmara dos Deputados.
Sobre o direito – Para ter acesso a Licença Paternidade – basta que o trabalhador de carteira assinada notifique o empregador sobre o nascimento/adoção de seu filho. O empregador não pode negar a licença, pois a não concessão do direito pode implicar em reclamações trabalhistas. A Licença Paternidade é remunerada. Trata-se de um direito da criança ter o pai e a mãe ao seu lado neste momento.
O projeto é uma iniciativa da Rede de Homens Pela Equidade de Gênero.

6 comentários:

Mãe de Duas disse...

Que legal Dayane! Também vi em outros blogs a mesma postagem! Acho muito bom que a mãezarada da blogosfera faça barulho junto pelas nossas causas! Vamos fazer a diferença!
bjo

Priscilla

Mãe de Duas disse...

Voltei!
Vou acompanhar você e Levi e telinkar no Mãe de Duas, ok?
Bj

Priscilla

Ps. Amei o nome do seu pequeno :-)

Kariny - Mamãe Cristã disse...

oi amada, que bom que gostou de ver a obra que o Senhor fez na minha vida!! adorei essa campanha, tb não conhecia... é mto importante a presença do pai na chegada do bebe! quando a Kamila nasceu meu esposo teve só 5 dias de folga, foi difícil, pois meu parto foi cesárea e não tinha ng pra me ajudar.. ele me ajudou nos 5 dias, mas depois tive que me virar.. fora que ele voltou quebrado pro serviço pois nesses dias ele nao dormiu nada!! rsrs bjs

Andrea Fregnani disse...

OLá, Dayane, obrigada pela visitinha, adorei seu blog, e seu Levi que é lindo e fofo, vou adorar te seguir e acompanhar ele crescer ;)
bjs

Paula disse...

Acho até um atraso das autoridades, não já ter aumentado essa licença paternidade. Há vários estudos (inclusive minha monografia... hahahaha) que fala da importância dos pais nos primeiros momentos dias após o nascimento, importância não só para o vínculo papai-bebê, mas também papai-mamãe. Que ainda não aderiu deve ser no mínimo machista!!!

MÃE DO GUI disse...

Muito bom esse projeto, tb não conheci Day.
No meu caso nem resolve muito pq meu marido é o dono da empresa.

mas, sou super a favor!!!

beijos jana