segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Dificuldades...

Gente, tá difícil, quase impossível vim escrever aqui...
Semana passada o Levi pegou uma virose e passou dois dias vomitando e com diarréia, depois que ele melhorou quem ficou ruim fui eu, peguei a mesma virose e depois foi a vez do papai!Rss!Passei a semana inteira indo ao hospital e faltei ao trabalho quase a semana toda, no meio disso tudo a babá do Levi resolve pedir para viajar para visitar a madrasta que está doente na Bahia, lá vai eu atrás de outra pessoa para ficar com o Levi, o Levi está super manhoso, só quer o meu colo, toda vez que sumo do campo de visão dele ele fica chorando, acho que começou a perceber que quando "desapareço" vou ficar algum tempo fora, não gostou da nova babá, na verdade ainda não se adaptou, e no próximo domingo é o aniversário dele de 1 ano!!Ou seja, correria e ansiedade da mamãe!Ahhhhh e ainda tem os senhores dentes que resolveram aparecer vários de uma vez só, acho que por isso o Levi não vem dormindo  bem e nem comendo bem...Dá pra perceber como anda difícil vim postar e visitar os blogs que tanto gosto de ler né...
No meio disso tudo uma notícia maravilhosa:vou ser titia mais uma vez!
Minha irmã mais velha está grávida do seu primeiro filhote!Parabéns irmã!Que Deus abençoe sua gestação e muitaaaaaa saúde para o seu bebê!
Prometo que quando tudo isso passar termino de contar sobre a viagem!Rss!

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Maceió parte II

A principio viajaríamos só eu, o Cristiano e o Levi, mas de última hora dois amigos resolveram ir conosco(Evandro e Galgane, amigos que amo demais!!), fiquei muito feliz pois eles são super animados, topam tudo na maior alegria, são amigos da época da faculdade que viraram amigos para a vida inteira!Eles viajaram na madrugada de terça para quarta, chegaram no hotel 04:00 da manhã e claro foram me acordar!!Acreditem, 04:00 horas da manhã acordamos(eu né...porque Levi e Cristiano ficaram roncado no apartamento, rss) e fomos pra praia que fica na frente do hotel molharmos os pés nas água salgada, no refrescar com a brisa do mar e jogar conversa fora, quando eles chegaram a chuva já tinha ido embora e só restou uma deliciosa brisa úmida, a praia que fica na frente do hotel é a Praia de Ponta Verde, que é linda de olhar, mas só da para molhar os pés e olhe lá, como a maioria das praias urbanas de Maceió ela não é muito apropriada para banho.Mesmo assim foi um momento maravilhoso, com pessoas que amo muito e um momento só meu, sem marido, sem filho!!(mesmo que tenha sido só uns 20 minutos, rss!)
Quando fui fazer a reserva no hotel pedi para eles um berço no quarto e eles montaram um cercadinho no quarto, o Levi dormiu muito bem, como se estivesse no berço dele!Como precisávamos de água quente para mamadeira dele pedíamos no serviço de quarto e todo dia no mesmo horário eles levavam água quentinha para o leitinho sagrado do Levi!
Enfim, na quarta pela manhã acordamos e fomos para a praia de Paripueira, que fica uns 30 minutos do centro de Maceió, foi lá que o Levi teve seu primeiro contato com o mar e acredite esquecemos nossa máquina fotográfica no hotel!!Mas nossos amigos levaram a máquina deles, para nossa sorte, tiraram várias fotos do Levi, mas ainda não peguei as fotos com eles, assim que pegar posto aqui, a praia estava um pouco suja, com algas, por causa da chuva do dia seguinte, mas mesmo assim o Levi ficou encantado, se deliciou na areia, ele não acreditava que estávamos deixando ele se sujar todo naquela areia deliciosa!Rss!E pra variar chamou a atenção de todos, primeiro porque andava para todos os lados e todos ficavam admirados pelo fato dele ter 10 meses e já andar tão bem e também pelos milhares de sorriso gratuitos que ele oferecia a todos que ousavam apenas olhar para ele, achava engraçado porque alguns pessoas estavam sérias, pareciam pessoas que não se encantavam muito com criança, mas o Levi insistia em sorrir até para essas pessoas que não resistiam e retribuíam nem que fosse com um tchauzinho!Confesso que tenho muito orgulho da simpatia e do bom humor do meu filho!Rs!! O nosso intuito era fazer o passeio as piscinas naturais, mas como chegamos lá um pouco tarde 09:00(acredite, esse horário é tarde por causa da maré, o ideal é de 07:00 às 08:00, quando se tem uma maré baixa), visto que 05:00 horas da manhã o sol já está a todo vapor.Como não realizamos o passeio as piscinas naturais foi nos oferecido outro passeio de lancha até outra praia, a praia de Carro Quebrado, aceitamos e fomos, não me lembro direito o valor por pessoa, mas acho que era R$20,00 por pessoa.Nos perguntamos se poderíamos fazer esse passeio com o nosso bebê de 10 meses e eles falaram que sim que era tranquilo...Enfim, pegamos uma jardineira(uma espécie de ônibus) na praia de Paripueira e fomos até outra praia que não recordo o nome e lá pegamos o lancha para irmos para a praia de Carro Quebrado.Achamos que seria um passeio tranquilo, mas acreditem:era um passeio radical!!Rss!Era um passeio de lancha rápida ou seja, lancha rápida em alto mar, jogando água para todos os lados, no início fiquei preocupada por causa do Levi e olhava para o Cristiano sem acreditar que tínhamos embarcado com o nosso baby!Rss!Pegamos uma toalha e enrolamos ele e como tínhamos levado um colete para ele, enchemos e colocamos no pequeno, que acreditem dormiu no lancha!!Kkkkkkkk!Ninguém acreditava, os guias falavam que nunca viram um bebê tão tranquilo!Gente, estavamos em alto mar, muito vento, água para todos os lados, lancha pulando e o Levi dormindo no colo do papai!Depois eu relaxei e curtir o passeio, já estavámos lá mesmo o jeito era aproveitar e desencanar!Depois de uns 10 minutos de lancha chegamos a praia de Carro Quebrado, uma praia paradisíaca, é uma praia deserta, não tem estrutura para se passar o dia inteiro lá, é só para conhecer, ficar umas horinhas e ir embora!A praia é linda demais, água azul, areia branquinha e fina!Maravilhosa!Valeu a aventura!Rss!Mas só vale para mamães de coração forte!Rss!
No passeio radical de lancha, olha minha cara de preocupado!
Depois que voltamos da praia de Carro Quebrado ficamos na praia de Paipueira, quem tem uma ótima estrutura, com bares e restaurantes, ficamos no restaurante Mar e Cia, almoçamos lá, uma comida deliciosa, pedi coisas que dariam para o Levi comer também(frango grelhado, purê, arroz, legumes, feijão e salada) e ele fez a festa!Em termos de estrutura essa foi a praia que mais gostei, na hora do almoço tinha apresentações culturais e música regional ao vivo, tudo muito animado e contagiante!
Voltamos pra o hotel, mas antes passamos em um sorveteria famosa de Maceió, a Balibacana, gostei demais, se forem a Maceió e gostarem de sorvete não deixem de conhecer a Bali!
Voltamos pra o hotel, tomamos banho e demos banho no Levi na banheira-piscina improvisada, que ele amou, não podia ver a piscina que ficava falando bã-bã(banho).
Banho de piscina no banheiro!


O jantar do Levi ou era papinha industrializada ou pedia uma canja no hotel, que era deliciosa, e dava para ele antes de sairmos a noite.A noite saímos para dá uma volta na orla e levávamos ele no carrinho, o bom de ir alguns amigos junto é que sempre revezávamos o colo e eles nos ajudaram muito com o Levi, se tivesse ido só eu e Cristiano teria sido mais complicado...No primeiro dia comemos em uma hamburgueria chamada Dom Burger, lugar agradável, ambiente bacana, ótimo atendimento e comida deliciosa, o Levi dormiu no carrinho enquanto lanchávamos, acordou só para tomar seu leitinho sagrado que tínhamos levado na bolsa térmica e dormiu de novo, já disse que tenho um bebê anjo???
Noite agradável com pessoas que eu amo!

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Depois de muito tempo...

De volta...Confesso que nesses últimos dias estava desanimada em escrever aqui no blog, primeiro porque eu estava de férias e quem tem um bebê de 11 meses em casa sabe que férias não significa descanso e sim muito trabalho ao lado do pequeno e também porque na última semana o Levi não está dormindo nada bem durante a noite, acorda diversas vezes querendo colinho da mamãe, aí já viu né...durante o dia estou morta e sem ânimo para nada, mas hoje resolvi atualizar meu cantinho e contar pra vocês como foi a nossa primeira viagem com o pequeno!Desde que chegamos de viagem o Levi está um grude comigo, então quando estou em casa só tenho olhos (braços, pernas...)pra ele, como voltei a trabalhar consegui aqui um tempinho para escrever!
Vou começar a contar aqui como foi nossa viagem, terá outros posts, pois são muitassss histórias!hehe!!
Saímos de Brasília dia 12/07 às 10:00 horas rumo a Maceió!O Levi não deu um pingo de trabalho no avião, ufaaa!Ainda bem, porque estava super preocupada, no nosso voo tinha várias crianças, algumas perto do nosso assento, o que também fez com que o Levi se distraísse.Pensem em um garoto simpático...Levi distribui risos para todos os passageiros do avião, rss, gente, era muito engraçado, não podia passar ninguém por perto que ele dava aquele sorrisão tipo:"Oi!!Tudo bem??Eu sou o Levi!"Rss!!Menino dado esse...Ele ficava pulando do meu colo para o colo do pai durante todo o voo, na hora da decolagem não tivemos problemas com dor de ouvido, outro alívio, conseguimos fazer com que ele tomasse leite nessa hora(dica do pediatra:sugar algo na hora do decolagem evita dor de ouvido).Para nossa sorte o terceiro assento do nosso lado ficou vago, isso nos ajudou bastante, pois ficamos com bastante espaço livre.
Para onde eu vou???

Prestando atenção em tudo!
Enfim, o voo foi tranquilo, com Levi simpático e sorridente.Seguindo dicas de outros blogs, levamos como bagagem de mão mochilas ao invés de uma bolsa para mim e outra para o Levi, foi uma ótima escolha, já que com a mochila nas costas ficavamos com os braços livres para o pimpolho!Como no horário do almoço ainda estavamos no avião o Levi almoçou papinha salgada industrializada e adorouuuuu!!


Almoço no avião!

Quando estavamos quase chegando o Levi resolveu dormir no meu colo, e ficou dormindo até sairmos do aeroporto, o bichim simplesmente capotou!!Ainda bem que despachamos o carrinho dele(Dica:pode-se despachar carrinho de bebê sem pagar nenhuma taxa, você pode despachar na hora do chekin ou até mesmo na hora que estiver embarcando, também pode-se despachar a cadeirinha de carro, bebê conforto, sem pagar nenhuma taxa, e se o bebê ainda utilizar o bebê conforto ele pode ser levado no avião ), assim que pegamos nossas bagagens colocamos o Levi no carrinho e fomos alugar um carro, no aeroporto mesmo, outra dica:se for alugar carro já faça a reserva pela internet, quase todas as locadoras fazem essa reserva pela internet, além de em algumas ser mais barato a reserva pela interner, você já adianta algumas coisas e quando chegar na locadora será mais rápido e você também não corre o risco de ficar sem carro, pois como viajamos em alta temporada passamos por 3 locadoras no aeroporto para conseguirmos 1 que tivesse carro disponível naquele momento para nos, outra coisa despache a cadeirinha que o bebê usa no carro, sei que vai ser um monte de trambolho, carrinho, cadeirinha, mas é melhor do que ter que pagar R$20,00 por dia para usar a cadeirinha da locadora(pelo menos para nos seria melhor levar a cadeirinha do que ter que pagar R$20,00 por dia, mas não nos atentamos a isso e pela segurança do nosso filho alugamos a cadeirinha na locadora...) alugamos o carro na locadora Avis, não tivemos nenhum problema com ela, está recomendada!
Enfim, chegamos em Maceió debaixo de chuva!!Rss!!Acreditem...muita chuva, não conseguia acreditar naquilo, apesar de estar chovendo não estava fazendo frio, era um clima gostoso, úmido, diferente dessa secura aqui do Planalto Central, mas mesmo com chuva estávamos felizes, estávamos juntos, sem horários, sem rotina, em um lugar novo e isso pra nos já era motivo de alegria, mas é claro que rezavámos pedindo um solzinho!Hehe!
No trajeto do aeroporto até Maceió(que demora uns 30 minutos) acabamos nos perdendo e entrando no município de Rio Largo, esse municipio foi um dos atingidos pela enchente que teve em Alagoas ano passado, que deixou vários municíos embaixo d'água, o municío está se recuperando, mas ainda podemos ver várias casas destruidas, pedaços de concreto, o município é um lugar bem carente e de uma desorganização que nunca vi igual(acostumada com tudo certinho e no lugar aqui em Brasília, pelo menos no que diz respeito a ruas, prédios, claro que não dá para comparar um cidade planejada com um município do interior, mas fiquei bastante chocada!), fiquei ainda mais chocada com o rio , que realmente faz jus ao nome de largo, que passa praticamente no meio do município, e como estava chovendo o rio estava cheio, dava medo só de olhar, fiquei imaginando como deve ter ficado aquele lugar na época da enchente...mas logo achamos o caminho de volta para Maceió!Hehe!
Confesso que não achei a cidade de Maceió bonita, é tudo tão desorganizado, tão sem planejamento, prédios feios...enqunto procuravamos o hotel acabamos passando pela conhecida Feira do Rato, a famosa feira que o trem passa no meio, os ambulantes deixam suas mercadorias nos trilhos e quando o trem está vindo eles correm e tiram...rss...parece brincadeira, mas é verdadeÉ um lugar super estranho onde você encontra desde computador até galinhas, foi um sufoco para conseguirmos sair de lá....
Mas enfim chegamos ao hotel(Maceió Mar Hotel), gostei muito do lugar, não é luxuoso, mas é confortável e tem um vista perfeita par o mar, Praia de Ponta Verde, que tem águas esverdeadas ou seriam azuladas...nunca sei...hehe!
Acho muito difícil acordar com uma vista dessa...Praia de Ponta Verde!

Depois volto para contar o resto!!Tenho que trabalhar gente!!!Rss!