quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Segunda gestação

Essa segunda gestação vem sendo muito diferente da primeira.Na gravidez do Levi não senti nadinha de enjoos, sono senti apenas nas primeiras semanas, agora nessa segunda gestação cheguei a passar uma tarde inteira no hospital tomando rémedios pois fiquei um dia inteiro sem comer nada, nem água conseguia beber.
Se deixar eu durmo o dia inteiro e ainda sinto sono a noite, estou muitooooooo indisposta...mas agora que estou completando 15 semanas os sintomas estão amenizando, chegava a chorar de tanto enjoo, cansaço e falava para o Cristiano que esse seria meu último filho(Será???), me sentia mal pois não conseguia nem cuidar do Levi, o Cristiano foi quem cuidou dele nas férias, eu não conseguia dar banho nele porque estava cansada, não conseguia dar comida porque só de sentir o cheiro da comida já começava a passar mal, então o papai teve que se virar com a ajuda da vovó...mas agora as coisas estão entrando no eixo!
E como a segunda gestação é mais tranquila que a primeira!!!(tirando essas pendengas de enjoos e cansaço que me acometeram...).Quando estava grávida do Levi não via a hora da barriga crescer, agora peço para que ela crescer devagar para continuar usando as minhas roupas de pessoa normal(é, de pessoal normal, porque não tentem me convencer de que quando se está grávida você é uma pessoa normal...), ficava super ansiosa contando cada semana, agora tenho que sempre refazer as contas para lembrar de quantas semanas estou...hehe!Chego ate a esquecer que estou grávida!Não que não esteja me importando com meu segundo filhote, mas é porque o Levi ocupa quase que todos os espaços(por enquanto) e na verdade quero curtir bastante o Levi durante o tempo em que o baby ainda está na barriga, porque sei que depois que ele(a) nascer as coisas não serão tão simples e não estarei tão acessível a ele como agora.Quando descobri que estava grávida me deu um grande aperto no coração, não sei se todas as mamães de segunda viagem sentem isso, olhava para o Levi e pensava:Meu Deus, você não será meu único bebezinho!Não vou poder te dá atenção o tempo todo...Como foi consegui conciliar tudo isso???
Chegava a chorar e ficar angustiada com a situação, mas depois fui percebendo que eu não vou colocar um outro bebê no lugar do Levi, vou apenas compartilhar o amor que vai dobrar, vou compartilhar o colo, beijos e abraços.Esses dias estava assistindo uma programa na televisão e uma atriz falou uma coisa que mexeu com meu coração e me fez enxergar essa segunda gestação com olhos diferentes, ela contava qual foi a sensação que ela teve ao apresentar o segundo filho ao primeiro, ela disse que naquele momento era como se ela estivesse entregando ao primeiro filho um dos maiores tesouros que ele teria na vida, pois era isso que significa ter uma irmão(a), ter alguém que você pode sempre contar!Quando ela falou isso comecei a chorar(novidade para uma grávida), pois é exatamente isso que as minhas irmãs representam pra mim, um grande tesouro!Temos os nossos desentendimentos, diferenças, mas sei que SEMPRE posso contar com elas, e é isso que eu quero que o Levi sinta:que está recebendo um dos melhores presentes da vida dele!
Às vezes as pessoa falam assim:"Hiii Levi perdeu o colo, perdeu o trono", nas mesma hora eu corrijo:Ele não vai perder nada, vai apenas compartilhar!

2 comentários:

Telma disse...

Parabéns pela gravidez! Entendo o seu sentimento, pois ate agora nao tive coragem de encomendar o segundo. Tudo muda mesmo, desde a gravidez que nao podemos curtir como a primeira. Mas a amizade entre os irmãos recompensa. Na verdade o Levi vai perder um pouco o espaço, mas tb vai ganhar o amor,a amizade e a admiração do irmão! Dizem que qndo a gravidez esta muito diferente o bebe é do sexo oposto do primeiro. Será?! Beijo

Ana Artigas disse...

Com certeza, não parece possível mas o amor aumenta a cada dia e se divide a cada filho que vc têm!!!
E ser mãe de dois é muito bom, independente do sexo!
Bjos
Ana